27 de nov de 2008

Meus Deus Trágedia na Bela Santa Catarina Tristeza e Revolta!!!



Todo mundo Triste ...perdidos e a chuva ainda não para ...mãe Natureza
Alivia Pela SAnta Catarina e com o povo lá !!!!
Viu POrque eu falo de cuidar DA natureza...
tem gente que faz bastante coisa,mas tem gente que nao faz porra nenhuma !!!
TODO MUNDO TEM QUE AJUDAR .....
Vossa Excelência LULA ..Lá não tem Dinheiro que retribua o prejuizo de vidas...A sua vida tem preço....???
isso ai é culpa do senhor Também....
Em vez de Ficarem pensando em cofres do Governo,dinheiro dos EUA,sei lá tanta coisa que Voces se preocupam sem se preocupar com o POVO E A NATUREZA, mas com a natureza só alí em uma vez por ano que se fala disso E DIZEM ESTAMOS FAZENDO... MAS NÃO VEMOS MUDANÇAS (CULTURAIS) COM O MEIO AMBIENTE...só algumas empresas fazem um pouquinho para fazer um marketing Ecologico e vender mais ...Isso é prioridade de um Governante!!!é Pensar no futuro das nossas Vidas,cuidar das pessoas e no habitat que elas vivem !!!
o senhor tem que falar BRasileiros vamos Fazer isso e acabou por isso que vc é Presidente.....Nem que tivessemos que Virar HOMEm SApiens de novo no Pais das Maravilhas pARA termos uma nova Culltura.....
POr Favor mandem mais ajuda !!!
E vamos começar a pensar agora juntos, como vamos Resolver essa SituaÇão e nao diga que não pode porque o Senhor pode sim a MÃe Natureza não quer Esperar mais !!!!
A minha Vida não tem preço e nem da minha Filha e nem de ninguém..!!
Só tem preço para pessoas que Matam e Destroi a Natureza...de um CaixÃo para quem matam que deve Ter PENA DE MORTE NO BRASIL E PESSOAS Que DEsobedeçem leis ambientais devem ter priSão eterna e trabalhar replantando FLORESTAS...
e Rever todas a leis ..Leis com Mais puniÇÃo....de CEm anos não interressam para o Povo..Penas mais severas jááááá'!!!!e repor Tudo que retiramos DEla....
a Mãe NAtureza agradeçe e quem Manda !!!

Diguu Bobolettu
ps.:triste e muito REVOLTADO..!!!

24 de nov de 2008

MAIS UMA DEFENSORA DAS BORBOLETAS.ehhh!!!Mara!!!


: borboleta invade torneio de golfe

Animal pousa em bolinha e atrapalha jogo de golfista sueca em Guadalajara

GLOBOESPORTE.COM Rio de Janeiro

Agência/AP
Annika Sorenstam retira bolinha com delicadeza para não ferir borboleta

Por muito pouco, a sueca Annika Sorenstam não acertou uma borboleta ao invés da bolinha durante o Torneio de Guadalajara de golfe, no México.



Ao perceber o animal, a golfista, que se preparava para dar uma tacada, reagiu com delicadeza. Retirou a bolinha do local e esperou até que a borboleta levantasse vôo para prosseguir.



Apesar da consciência ecológica, Annika não pôde festejar o título da competição, que ficou com a americana Angela Stanford.



A americana terminou a competição com 69 tacadas, 13 abaixo do par. Já a sueca terminou empatada com Brittany Lang, também dos Estados Unidos, com 12 tacadas abaixo do par.....
mAS ANNIKA VC GANHOU O TITULO DE DEFENSORA DAS BORBOLETAS DO MUNDO..!!!
PARABÉNSSSS...VC VAI VOAR PARA O SUCESSUUU...

FONTE.GLOBOESPORTE

9 de nov de 2008

O LIVRO VERMELHO DO MEIO AMBIENTE...


Livro vermelho' traz detalhes sobre 627 animais ameaçados de extinção

Publicação foi lançada pelo Ministério do Meio Ambiente.
Na Amazônia, 41 espécies correm risco de desaparecer.

Do Globo Amazônia, em São PAULO

O coatá está na categoria 'vulnerável' pela classificação de ameaça de extinção do MMA.

As principais ameaças, a distribuição geográfica, as estratégias de conservação e informações biológicas sobre 627 animais brasileiros ameaçados de extinção agora podem ser consultadas em um livro, dividido em dois volumes, que soma mais de 1.400 páginas. A publicação foi lançada nesta terça-feira, em Brasília, pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) em parceria com a Fundação Biodiversitas.

Segundo o MMA, o principal objetivo de reunir essas informações em um livro é gerar uma base para consulta para os profissionais de meio ambiente e tomadores de decisão, como prefeitos e governadores, para conservar e recuperar as espécies.

Chamada de “Livro Vermelho da Fauna Brasileira Ameaçada de Extinção”, a publicação é baseada nas listas oficiais da fauna ameaçada, publicada pelo MMA em 2003 e 2004. Essa relação traz 160 aves, 154 peixes, 130 invertebrados terrestres, 78 invertebrados aquáticos, 16 anfíbios, 69 mamíferos e 20 répteis cuja população está diminuindo drasticamente.
saiba mais

*
Pesquisadores encontram espécie de pica-pau considerada extinta
*
Milhares de tartarugas começam a nascer no Amazonas
*
Livro ensina pessoas a conviverem pacificamente com onças
*
Expedição científica do WWF registra riquezas do Rio Negro
*
Ibama apreende mais de 900 ovos de tartaruga no Pará
*
Acusados por matança de golfinhos podem pagar R$ 415 mil

De acordo com mapa do MMA, a Mata Atlântica é o bioma em que há mais animais correndo o risco de desaparecer. São 269 espécies, distribuídas por quase toda a costa brasileira. Em segundo lugar está o Cerrado, com 65 espécies, seguido pela Amazônia, com 41 animais ameaçados.

A lista completa desses animais, assim como alguns mapas de distribuição das espécies pode ser encontrada no Portal sobre Espécies Ameaçadas de Extinção do MMA.

FONTE:GLOBO
PS.PELO AMOR DE DEUS ME AJUDEM ...E COMPRE ESSE LIVRO PARA VER A DESGRAÇA DA HUMANIDADE....PELO AMOR DE DEUS..!!!
E GRaça a deus esse ministro tá fazendo muito mas ainda temos que fazer muito...
de asas a essa Causa!!!!

8 de nov de 2008

tem pessoas fazendo!!!!!Parabéns Talita grita por nós ai!!!!



Modelo ecológica põe sua imagem a serviço do meio ambiente

Talita Alink tem 17 anos e desde os 12 se preocupa com o planeta.
Veja álbum de fotos da modelo.

Talita Alink, é membro do grupo Green Models.

Ela tem apenas 17 anos, mas já tomou uma decisão: sua carreira será orientada a divulgar a necessidade de se proteger o meio ambiente. Por causa disso, a jovem modelo Talita Alink, natural de Petrópolis (RJ), se define como uma “eco-modelo”.



Veja álbum de fotos da modelo .



Ainda este mês, ela estará na Califórnia para participar de um evento com governadores americanos , representando o projeto Green Models, que nomeia embaixadoras para diversas bandeiras ambientalistas. Sua criação foi em janeiro de 2008 e hoje o grupo conta com Adriana Lima, Naomi Campbell, Raica Oliveira, Priscila Fantin e Natalia Anderle entre seus membros, segundo os organizadores.

Globo Amazônia: O que será a reunião de que você participará este mês na Califórnia?

Talita: Estarei em Beverly Hills para participar de um evento sobre o clima global idealizado por Arnold Schwarzenegger, governador da Califórnia, que contará com a presença dos 50 governadores americanos, além de líderes de governo e corporações. No dia 18, o governador do Amazonas, Eduardo Braga, fará uma palestra e se encontrará com Schwarzenegger para a assinatura de um acordo bilateral para a difusão da energia renovável.

Globo Amazônia: Você acompanha o desmatamento na Amazônia?

Talita: Sim, e me atualizo sempre que recebo algum alerta sobre o assunto. É incrível o efeito das ações inconseqüentes dos seres humanos. Nos EUA por exemplo, 95% das florestas ancestrais já desapareceram.

Globo Amazônia: O que define uma eco-modelo e a diferencia da modelo comum?

Talita: O que define um eco-humano é o desenvolvimento de sua consciência ambiental. Então podemos dizer que vale para qualquer segmento, como modelos, professores etc. Eu, por exemplo, sou uma pessoa comum, com uma vida comum, porém tenho hábitos diários que me diferenciam: como alimentos orgânicos, uso água de forma racional e adoro andar de bicicleta seja para onde for - para o mercado, padaria ou na orla da praia.

Globo Amazônia: Como virou uma eco-modelo?

Talita: Eu tinha 12 anos quando escolhi fazer um trabalho sobre o meio ambiente numa feira de ciências do colégio. O convite para ser modelo veio de um grande amigo, que hoje é meu agente, Pierre Thomé de Souza, que percebeu este meu lado ecológico. Ele me apresentou ao Mario Garnero, presidente da Associação das Nações Unidas-Brasil (Anubra), e do grupo Brasilinvest.

Como eles estavam criando o projeto Green Models, que tem a modelo Adriana Lima como primeira membro-fundadora, acabei sendo convidada para ser embaixadora da Anubra para o Meio Ambiente e Aquecimento Global.


Globo Amazônia: Seus pais não gostavam da idéia de você ser modelo. Agora eles já lidam bem com o fato? Utilizar seu trabalho para divulgar a conservação da natureza os ajuda a aceitar?

Talita: No começo foi bem difícil, pois venho de uma família evangélica. O fato de as modelos trabalharem com a imagem e corpo não é aceito pelo padrão de vida evangélico. Foi um processo que tivemos que explicar de forma clara, para que eles pudessem entender o que faríamos e os benefícios destas ações para o meio ambiente.

Globo Amazônia: Você usa roupas ecologicamente corretas?

Talita: Tenho algumas peças interessantes feitas por uma grande amiga e designer, Barbara Casassola. Pretendo criar uma marca especializada em moda sustentável, com coleções feitas com fibras ecológicas, tecidos orgânicos e materiais reciclados, sem utilizar recursos que afetam o meio ambiente.

Globo Amazônia: Aceitaria tirar fotos com um casaco de pele?
Talita: Definitivamente não. Por motivos pessoais e por saber que são provenientes de animais que muitas vezes são mal-tratados.