13 de jun de 2009

o Pensamento VERDE...


Calma ai gente trabalho A anos falando sobre isso e agora acontece isso...MATÉRIA RETIRADA DE UMA AGENCIA DE EMPREGOS....Já virou uma espécie de clichê: “o futuro do emprego é verde”. Muito pela crise financeira que começou no final de 2008, principalmente no setor imobiliário e agrícola, o certo é que a frase chega aos dias atuais com um contexto. Assim como a revolução industrial e da informática, o meio ambiente agora é o setor que promete gerar oportunidades aos trabalhadores. O tal mercado da sustentabilidade envolve atividades como reciclagem, restauração de florestas, pesquisas e desenvolvimento de novos produtos. E se antes as companhias apostavam no meio ambiente para aproveitar as vantagens competitivas, como benefícios fiscais, por exemplo, hoje o diferencial já é outro: “A questão da sustentabilidade ainda é uma novidade, mas o provável é que vamos observar um crescimento do chamado ‘emprego verde’ nos próximos vinte anos. Não é por nada que as principais companhias do mundo já contam com gerentes e diretores para esta área específica”, conta o diretor da consultoria de recursos humanos Globalhunters, Cristian Ney Gomes.

De fato os gigantes de diversos setores dão indicações do que está por vir. Empresas como a Petrobrás, Vale do Rio Doce, Microsoft e outras abriram já há algum tempo as diretorias para cuidar do meio ambiente. São profissionais que estudam como essas empresas podem utilizar o conceito de sustentabilidade a favor de seus negócios. “O tal selo verde ainda não é importante para o consumidor, sendo que o preço final é o que importa. Mas pegando como exemplo as empresas de tecnologia, que estão equiparadas nos preços de seus produtos, o selinho amigo do meio ambiente já é um diferencial na hora de escolher. É um processo que está em evolução”, explica Eduardo Tomyia, diretor da empresa BrandAnalytics. Tomyia ressalta que, hoje em dia, as companhias que mais lucram no mercado de ações são aquelas responsáveis com a natureza: “Não é mais uma opção se adequar a essa lógica. É uma questão de estar dentro ou fora dos negócios globais”.

Mas, como toda novidade, muitas mudanças ainda estão por vir até que o ‘emprego verde’ entre na crista da onda. “O mercado está bem complexo ainda nesta área. É sempre assim quando se inicia um grande processo de mudança. Ainda vamos passar por um processo de adaptação comparável ao que ocorreu na área da informática”, diz Gomes. O diretor da Globalhunters conta que, assim como demoraram dez anos para as empresas aceitarem a necessidade dos profissionais de tecnologia, atualmente elas ainda não absorveram as mudanças na área ambiental. “E até hoje ainda faltam profissionais na tecnologia”, salienta.

Algumas mudanças já apontam que as profissões verdes têm um futuro promissor. Ainda num primeiro estágio e devido ao alto custo para se manter um profissional da área ambiental ser ainda grande, a saída tem sido a contratação de consultorias especializadas. “As grandes empresas já podem contar com seus próprios funcionários, mas para as de pequeno e médio porte a solução viável por enquanto é contratar o serviço de terceiros”, explica Gomes.

Formação

A procura por graduações referentes ao meio ambiente ainda é pequena. Para citar um exemplo, no último vestibular da Universidade Federal do Paraná o curso de Engenharia Florestal teve a concorrência de 5,5 candidatos por vaga, enquanto a concorrência para Medicina passa de 30 candidatos por vaga. “Por serem cursos recentes, algumas pessoas ainda fazem confusão justamente por não conhecerem direito á área. Outro problema é que as profissões mais tradicionais, como Engenharia Civil e Direito, têm suas atribuições bem definidas pelos seus conselhos regionais. Na área ambiental elas ainda são restritas. Existem atribuições, como de saneamento básico, que ainda são legalmente da área de Engenharia Civil. Portanto, o caminho hoje ainda é fazer um curso tradicional e depois se especializar em meio ambiente”, explica Gomes.
De uma forma ou de outra a revolução ambiental está no começo. Muitas mudanças devem acontecer e a única certeza que temos é que o meio ambiente será uma preocupação mundial nos próximos anos. Não estar atento aos conceitos de sustentabilidade não é apenas não se interessar pelo o assunto, mas escolher viver numa espécie de realidade paralela: “A preocupação com o meio ambiente já está aí. E a questão terá que percorrer as escolas, as faculdades e também as companhias que regem a economia do mundo. E é evidente que precisaremos de profissionais especializados na área ambiental”, diz Eduardo Tomyia.....
GENTE FICO FELIZ QUE AS COISAS ESTÃO TOMANDO ESSE RUMO ...aINDA BEM QUE tEMOS PESSOAS COM CONSCIENCIA AMBIENTAL..bOBOLETTAS E bOBOLETTUS aGRADEÇEM eSSA cAUSA...

16 de mai de 2009

Consciencia ambiental e Claro aqui voce ganha a recompensa sem cobrar lucros





Acesse e Vote lá em bobolettas ....Dê ASaS a essA Causa !!!
Cuide Da noSSA Natureza você Também !!!

10 de mai de 2009

Bobolettas e Bobolettus


Nossa miSSão é despertar em você a consciência ambiental em relação a Nossa natureza.
Estamos Criando pessoas com consciência que ajudam a nossa Natureza,Esse blog é para você saber que se cada um fizer a sua parte,denunciando e não coibindo os maus hábitos dos Seres humanos em relação a natureza nós vamos Acabar morrendo e aí não vamos poder fazer mais nada, porque acabou... e a natureza já está contra nós,é só olhar ao seu redor..então cuide da nossa Natureza da mãe Natureza...vamos Juntos nessa Causa Voadora...mande email inquere@hotmail.com com sugestões,denuncias e críticas para o nosso blog voador..BOBO é AQUELE QUE NÃO AJUDA...mande A SUA INICIATIVA por que o Tempo é agora !!!!

20 de mar de 2009

woman's butterfly...


Coloridas e diurnas, as borboletas prenunciam acontecimentos alegres, ao contrário de suas irmãs mariposas, quase sempre negras e noturnas, que noticiam a infelicidade. No imaginário humano, porém, ambas estão relacionadas à alma.Na cultura greco-romana, assim como na egípcia, acreditava-se que a alma deixava o corpo em forma de borboleta. A palavra psique, em grego, quer dizer ao mesmo tempo espírito e borboleta. Nos afrescos de Pompéia, a psique é representada por uma criança com asas de borboleta.


*

Uma das escolhas de desenhos de tatuagem mais populares para mulheres, a Borboleta revela a influência feminina na cultura da tatuagem. Por causa da curta existência da borboleta, muitos povos antigo viram isto como emblemática do impermanente.

O Simbolismo a Mitologia e Significado da Borboleta como Desenho de Tatuagem

Poucas imagens são mais populares no mundo da tatuagem do que a borboleta. Sejam representadas livres na natureza ou pousada em uma flor, a beleza e o significado da tatuagem de borboleta continua insuperável. Poucos disputam o esplendor na simetria, cor e forma desses desenhos criativos. A trajetória da borboleta começa no verão e é igual em todo o mundo, são milhares de tipos diferentes,mas todas com sua beleza Rara que Cada mulher trás de Si ..do seu intimo... do seu Atman...O ciclo da Vida,da alma.......literalmente Vidaaaa....


bjuXXX do Diguuu bobolettu....Cuide Vc também da nossa Natureza...Vc pody.também..!!!!!!!


fonte..G1.

Foto:Diguuu Bobolettus patrocina 30% da sua Tattoo...DaNNi SiG atriz,estudante que também pensa na Natureza... e só me cobrar Heim!!!kkkk..lindAAAA!!

28 de fev de 2009

BORBOLETA ENGANA A FORMIGA E VC ENGANA QUEM ???ANO DA mÃE NATUREZA.!!!!


Borboletas enganam formigas para que criem seus filhotes

As larvas aprenderam a exalar essência que imita as formigas e a fazer som semelhante ao das rainhas

WASHINGTON - Borboletas podem parecer inofensivas e amigáveis. Mas pelo menos um tipo delas aprendeu a criar seus filhotes como parasitas, enganando formigas para alimentarem e darem tratamento especial aos intrusos.

As pupas da borboleta europeia Maculina rebeli exalam uma essência que imita as formigas e as faz sentir em casa dentro do formigueiro. Uma vez que elas se tornam lagartas, elas até pedem comida como as larvas de formigas, disseram os pesquisadores na edição dessa sexta-feira, 6, da revista Science.

Mas, não contentes em apenas serem alimentadas, as borboletas fazem com que as formigas lhes deem um tratamento especial, disse Jeremy A. Thomas da Universidade de Oxford.

As rainhas dos formigueiros fazem sinais que as diferenciam das formigas trabalhadoras. Acontece que as larvas estão aprendendo a imitar esses sons, disseram os pesquisadores, ganhando um alto status para serem resgatadas caso o formigueiro seja perturbado.

Em tempos de escassez de alimentos, as formigas também costumam matar suas larvas comuns para dar de alimento para a rainha, acrescentou a equipe.

Na natureza, a rainha e as larvas ficam em locais diferente do formigueiro e não se encontram. Mas no experimento, uma borboleta fingindo ser uma formiga rainha foi colocada em uma câmara com formigas trabalhadoras e quatro formigas rainhas reais. As rainhas verdadeiras começaram a atacar e morder a larva, mas as trabalhadoras começaram a defendê-la, atacando suas próprias रैन्हस ...RAINHAS
fONTE:ESTADAO.COM.BR

VC ESTÁ CUIDANDO DA NOSSA NATUREZA....


फोंट...

24 de fev de 2009

Movimento bobolettas e bobolettus




É̶ ̶c̶u̶я̶i̶o̶ร̶o̶ ̶c̶o̶м̶o̶ ̶и̶ã̶o̶ ̶ร̶ε̶i̶ ̶d̶i̶z̶ε̶я̶ ̶q̶u̶ε̶м̶ ̶ร̶o̶u̶.̶ ̶Q̶u̶ε̶я̶ ̶d̶i̶z̶ε̶я̶,̶
̶ร̶ε̶i̶-̶o̶ ̶в̶ε̶м̶,̶ ̶м̶α̶ร̶ ̶и̶ã̶o̶ ̶p̶o̶ร̶ร̶o̶ ̶d̶i̶z̶ε̶я̶.̶ ̶ร̶o̶в̶я̶ε̶т̶u̶d̶o̶ ̶т̶ε̶и̶h̶o̶ ̶м̶ε̶d̶o̶ ̶d̶ε̶ ̶d̶i̶z̶ε̶я̶ ̶p̶o̶я̶q̶u̶ε̶ ̶и̶o̶ ̶м̶o̶м̶ε̶и̶т̶o̶ ̶ε̶м̶ ̶q̶u̶ε̶ ̶ т̶ε̶и̶т̶o̶ ̶ƒ̶α̶ℓ̶α̶я̶ ̶и̶ã̶o̶ ̶ร̶ó̶ ̶и̶ã̶o̶ ̶ε̶x̶p̶я̶i̶м̶o̶ ̶o̶ ̶q̶u̶ε̶ ̶ร̶i̶и̶т̶o̶ ̶c̶o̶м̶o̶ ̶o̶ ̶q̶u̶ε̶ ̶ร̶i̶и̶т̶o̶ ̶ร̶ε̶ ̶
т̶я̶α̶nร̶ƒ̶o̶я̶м̶α̶ ̶ℓ̶ε̶и̶т̶α̶м̶ε̶и̶т̶ε̶ ̶и̶o̶ ̶q̶u̶ε̶ ̶ε̶u̶ ̶d̶i̶g̶uu̶."̶
̶
̶
̶
̶C̶ℓ̶α̶я̶i̶c̶ε̶ ̶ℓ̶i̶ร̶p̶ε̶c̶т̶o̶я

MovimentoBobolettas&Bobolettus.blogspot.com
Voando por Essa Causa !!!
tatuagens de pessoas que estão participando da nossa promoção..mande a sua .Confira regulamento....
Consciência Ambiental Social....questão DE honra..!!!!!Cuide da nossA Natureza...pelo Amor De DEus...Vai lá E Voe por Essa Causa....
.

10 de fev de 2009

essa faz e essa tb faz pelo nosso ambiente...


O gigante de buscas Google está empenhado em criar uma ferramenta inédita para monitorar a conservação de florestas de todo o planeta.



A revelação foi feita nesta sexta-feira (6) por uma representante da empresa em reunião científica no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), em São José dos Campos (SP). A proposta é integrar bases de imagens de satélite e diferentes tecnologias de monitoramento para que os países interessados possam usá-las livremente.

O objetivo inicial da ferramenta é ser usado para calcular a quantidade de carbono contida nas florestas. Com isso, ela poderá ser usada em programas de conservação baseados em um sistema, ainda em negociação, pelo qual os países poderão receber dinheiro para manterem suas florestas em pé. Este sistema é chamado pelos especialistas de Redd (Redução de Emissões por Desmatamento e Degradação).



O carbono que forma as árvores, quando liberado para a atmosfera com queimadas, por exemplo, contribui para o aquecimento global. Este é um importante fator para se combater o desmatamento.

Por meio das imagens de satélite, os cientistas esperam poder calcular quanto carbono há na floresta em pé e quanto foi liberado para a atmosfera pelo desmatamento.

O projeto do Google foi apresentado por Rebecca Moore, que gerencia um programa chamado Google Earth Outreach. Essa iniciativa ajuda ONGs e comunidades locais a usar ferramentas de mapeamento e a combater problemas ambientais. Especialistas de mais de 30 países participaram da reunião em que a gerente do Google fez o anúncio.


saiba mais na globo.com PS..: FAZ MUITO TAMBÉM PELO NOSSO AMBIENTE...LEIA MAIS

*
Especialistas de mais de 30 países discutem detecção de desmatamento
*
Zoneamento ecológico para a BR 163 ainda depende de decreto de Lula

O Brasil tem a tecnologia mais avançada no campo de detecção de desmatamento por satélite, mas outros países, em especial os mais pobres, muitas vezes sequer têm acesso a imagens de satélite de seu território.

Moore pediu aos cientistas presentes que ajudem no desenvolvimento da ferramenta. Ela ressaltou que o projeto ainda está em estágio inicial. Mesmo assim, disse que espera “ter um protótipo ainda este ano”. Um provável nome para a ferramenta é Google Forest.

A ONG Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), que acompanha o desmatamento na região amazônica, está envolvida na iniciativa. A ideia da ferramenta surgiu em uma oficina realizada em Brasília, em junho, conta Carlos Souza Júnior, secretário-executivo da organização. “Pensamos que o Google poderia ajudar porque um dos maiores problemas que enfrentamos nesta área é ter que lidar com um volume brutal de dados”, explica.

MAS ISSO NÓS PODEMOS MUDAR,SÓ NÃO CONSEGUIMOS REPLANTAR TUDO O QUE O HOMEM TIROU,MAS VAMOS REPLANTAR O MUNDO ...COM A TV GLOBO ,GOOGLE,PESSOAS CONSCIENTES E EMPRESAS SÓCIO-AMBIENTAIS CORRETAS...
VAMOS FAZER A DIFERENÇA...ESSE ANO É DA RECONSTRUÇÃO...
PLANTE UMA ÁRVORE PELO AMOR DE DEUS PARA QUE NASÇA MILHÕES DE BORBOLETAS..
E

ACESSE TAMBÉM GLOBO AMAZÔNIA..ELA FAZ MUITO PELA GENTE...OBRIGADO DE CORAÇÃO




Recicle Carbono

Neutralize sua emissão de CO2 Evite o aquecimento global

www.reciclecarbono.com.br


FONTE:GLOBO AMAZÔNIA